sábado, 12 de fevereiro de 2011

No Ensaio

Cheiro de carne na brasa
calçada empoeirada
cadência ensaiada

Gente desinquienta
coreografia discreta
do vai e vem
que persiste

Nessas noites
até a cidade deserta
desperta
pra dizer
que também existe

0 comentários:

Postar um comentário