domingo, 17 de julho de 2011

Mundo Invisível

Pode fechar os olhos
lá não precisa enxergar
no mundo invisível
não tem o que se olhar
só sentir

Pode poupar o ar
lá também não precisa respirar
lá o alimento é a compreensão
das estripulias dos nossos rumos
é só deixar
a explicação de tudo fluir

Pode interromper o caminhar
lá não se caminha
se voa
lá não se sangra
não tem relógio
a água é pura
e por mais alto que se vá
não se pode cair

O mundo invisível,
dizem as más linguas,
é a cozinha dos malucos!
Pois sabes que eu,
vez que outra,
me mando pra lá?!
e tu?
gostarias de tentar?

0 comentários:

Postar um comentário