terça-feira, 30 de agosto de 2011

Sobre Erros, Defeitos e Espinhos - no final dos caminhos tudo vai recomeçar!

Todo mundo tem defeito de fabricação
mesmo quem nasceu perfeito
não tem jeito

Todo mundo faz cacaca na vida
ou já fez, ou vai fazer
não adianta
é assim que tem que ser

É sempre dificil seguir em frente
especialmente, ou também
quando a gente não tem
muita coisa pra seguir

Calma, não há de ser nada:
uns aprendem com as flores
outros com os espinhos
mas no final dos caminhos
tudo vai recomeçar

Sempre recomeça
e concerta, ao menos, o caminhar

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Complexivamente

És uma pessoa simples?
Mesmo?
Pois não sejas:
a simplicidade é pras amebas!

Ser gente é ser complexo,
multi-celular
multi-queredor
multi-pensante

Complica
retruca
deseja
afirma
desmente
confunde
inquieta
nunca, mas nunca,
explica

Deixa a simplicidade pras amebas!
Seja a própria metamorfose ambulante!!
Muda de idéia
inventa caminhos
e carinhos improváveis

Não tenta entender:
ninguém entende

Não seja simples
seja complexo
deixa de ser menos bicho
e vira mais gente





domingo, 7 de agosto de 2011

Máquina do Tempo

Se eu tivesse uma máquina do tempo
não iria pra frente, possivelmente
voltaria
pros tempos em que a saudade
por maior que fosse
durava o instante de um abraço

E um abraço durava pra sempre
o sempre dos abraçados
que, efetivamente,
chegava a pender pro eterno
enquanto durava

Numa máquina do tempo
eu voltava
não sei bem pra quando
ou pra onde
mas voltava
e não mudava nada
nadinha
nem uma gota, nem uma palavra
só voltava
e vivia de novo

E matava a saudade
num abraço
eterno.


"Se tens um coração de ferro, bom proveito.
O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia."
                        José Saramago