sábado, 3 de dezembro de 2011

Eu Prefiro

Eu prefiro ser espaço
carregar muitos abraços
do que ser um sol nublado
ou uma noite desluada

Eu prefiro ser saudade
ser abrigo, ser vontade
do que ser uma estrada
que não dá pra atravessar

Eu prefiro ser só estrela
eu prefiro meu brilho constante
do que uma galáxia inteira
reluzindo num céu tão distante

Eu prefiro que me alcançe
eu prefiro que me encante
eu prefiro que aconteça
eu prefiro que me assuste

Eu prefiro gostar do meu jeito
imperfeito e tão apegado
eu prefiro um amor e um veneno
caminhar com a incerteza do lado

Quero a felicidade da loucura
e insandecidamente te amar
eu prefiro a incostancia
da tua tripolaridade
eu prefiro ser caminho
eu prefiro te plantar

E ver as tuas flores por ai
e ter as tuas flores no quintal
eu sugiro deixar tudo pra depois
eu prefiro o meu mundo desigual

0 comentários:

Postar um comentário