quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Céu

O teu olhar
levou o meu
até as estrelas
mais distantes
do céu

Meu céu é o teu olhar

Foi mais além
do que podia eu
imaginar

Que alguém
pudesse levar
tão longe assim

Queria no teu céu voar

Virar o espaço
de pernas pro ar
suspenso na órbita
dos teus olhos

Flutuar
na gravidade
do quadrante ali adiante
desse sistema solar

Me deixa no espaço flutuar

Acomodo
esses olhos
como posso
dentro de mim

Como pode
caber tanto
infinito
assim?

O infinito num olhar

0 comentários:

Postar um comentário