sábado, 17 de março de 2012

Cartas

Difícil dizer
o que vai ser
quando o que se tem
é um vazio bem borocochô
uma Coca-Cola sem gás
pra tomar

Cada vez mais
as gavetas pesam mais
não as gavetas em si,
mas o que elas contém:
as cartas!

Bah, essas cartas...
apesar de conversarem
tão bem
bem que podiam,
ás vezes, ao menos,
dizerem outras coisas
pra variar

Tá, tudo bem,
ninguém é um pedaço de papel
mas, penso eu,
num pedaço de papel
muito de nós tem

Por isso
também
todas as cartas
todas
se acomodam
nas gavetas
daqui de dentro

E quanta vontade que dá
de ler

 

1 comentários:

Zaymond Zarondy(ZZ) disse...

As minhas não gosto muito de ler, prefiro esquecer e deixar o tempo amarelá-las...
ZZ

Postar um comentário